fbpx

PLUGIN

Conexão para Engenheiros, Arquitetos e Estudantes

Wintershall segue se preparando para perfurar seu primeiro poço no Brasil

Empresa alemã de petróleo Witershall mantém preparação para perfurar seu primeiro poço no Brasil

Wintershall, empresa de petróleo alemã, se prepara para perfurar seu primeiro poço no Brasil. Atualmente sua equipe encontra-se trabalhando em home office por conta do coronavírus. Apesar da crise, o CEO da empresa Mauro Mehren, afirmou durante teleconferência com analistas na última quarta-feira (18) que mantém preparação.

Mauro disse que “Nossas atividades ainda não estão focadas na perfuração em si, mas sim na preparação do primeiro poço. Essas operações estão sendo monitoradas por equipes em home office, em função do coronavírus”.

O executivo não informou onde exatamente será feita a perfuração do primeiro poço da empresa, mas o que se espera é que ela ocorra no bloco POT-M-857, cuja atividade exploratória está em licenciamento junto ao IBAMA.

A empresa alemã reduziu os investimentos previstos para este ano, seguindo a estratégia de outras petroleiras. O capex programado para 2020 é de €1,2 bilhão a 1,5 bilhão, sendo que de € 150 milhões e € 250 milhões devem ser destinados à exploração, reduções de 20% e 56%, respectivamente, ante os valores estimados antes da crise.

Com a fusão da Wintershall Holding GmbH e DEA Deutsche Erdoel AG, duas empresas formaram uma empresa de gás e petróleo da Europa: Wintershall Dea. A empresa com raízes alemãs e sede em Kassel e Hamburgo explora e produz gás e petróleo em 13 países em todo o mundo. Com atividades na Europa, Rússia, América Latina e região MENA (Oriente Médio e Norte da África), a Wintershall Dea possui um portfólio global de upstream e, com sua participação no transporte de gás natural, também atua nos negócios de midstream.

Fonte: Click Petróleo e Gás