fbpx

PLUGIN

Conexão para Engenheiros, Arquitetos e Estudantes

Curso: Instalações Elétricas Industriais Projeto e Dimensionamento

Carga Horária: 40 Horas

Objetivo: O curso visa o estudo de métodos e técnicas para elaboração de projetos de instalações elétricas industriais, envolvendo o conhecimento e a aplicação de requisitos normativos, em especial a NBR 5410. Os alunos serão iniciados na prática de elaboração de projeto através de um roteiro e estudo de caso, aprendendo a desenvolver soluções de engenharia e a compreender a aplicação dos conceitos e princípios científicos e técnicos estudados.

Publico: Este curso é destinado a engenheiros, tecnólogos, técnicos, professores, estudantes e demais profissionais que lidam direta ou indiretamente com projeto, suprimento/compra, execução, operação, manutenção, inspeção, fabricação, consultoria e outros serviços relacionados e que estejam envolvidos com o projeto e dimensionamento de instalações elétricas industriais de baixa tensão.

Descrição: Projetos Industriais: Apresentação de conceitos fundamentais sobre empreendimentos industriais, mostrando o inter-relacionamento dos Serviços de Engenharia com a produção de tecnologia e da Engenharia de Projeto com as demais etapas da implantação de um empreendimento. Estudo de métodos e técnicas de elaboração de projetos industriais multidisciplinares, envolvendo o conhecimento e a aplicação de requisitos normativos. Prática de compatibilização de projetos (arquitetura, eletricidade, mecânica, civil, etc.) e suas interfaces nas fases conceitual, básico e detalhado, focando os principais processos no ciclo de vida de um projeto de engenharia. Normalização e Legislação Profissional: Estudo de normas e legislações profissionais envolvendo o conhecimento e as consequências na rotina profissional. Responsabilidades no exercício profissional (técnica, ética, trabalhista, civil e penal). Compreensão a aplicação dos conceitos e princípios jurídicos estudados. Elementos de Projeto: Apresentação das Normas recomendadas. Dados para elaboração do projeto. Concepção do projeto. Classificação das influências externas. Graus de proteção. Proteção contra riscos de incêndio e explosão. Formulação de um projeto elétrico. Roteiro para elaboração de um projeto elétrico industrial. Cálculos elétricos. Simbologia. Dimensionamento de Linhas Elétricas: Terminologia; tipos de linhas elétricas admitidas pela norma; tipos de condutores elétricos admitidos pela norma e suas restrições; condições gerais de instalação das linhas elétricas; influências externas x escolha das linhas; condições de instalação das linhas elétricas; disposições e prescrições para instalação dos condutores elétricos; dimensionamento de condutos (eletrodutos, bandejas, eletrocalhas, etc.); seleção e especificação técnica. Dimensionamento de Condutores Elétricos: Terminologia; tipos de linhas elétricas e de condutores admitidos pela NB 5410; Cálculo da corrente elétrica; critério da seção mínima; critério da capacidade de condução de corrente; critério da queda de tensão; critério da proteção contra sobrecarga; critério da proteção contra curto-circuito; critérios para dimensionamento do condutor neutro; critérios para dimensionamento do condutor de proteção; visão geral do critério de dimensionamento econômico; seleção e especificação técnica. Proteção e Coordenação: Proteção dos sistemas de baixa tensão. Dispositivos De Proteção Contra Sobrecorrentes: Verificação das características básicas de: disjuntores e fusíveis. Dispositivos De Proteção Contra Choques Elétricos: Verificação na aplicação do conceito de choque elétrico, efeitos da corrente elétrica no corpo humano, esquemas de aterramento (TN-C, TN-S, TN-C-S, TT, IT), critérios para proteção básica, supletiva e adicional, conceito e utilização de dispositivo diferencial – residual (DR). Dispositivos De Proteção Contra Sobretensões: Verificação dos pontos de equipotencialização principal e suplementar e nos critérios para análise de risco quanto a instalação dos Dispositivos de Proteção Contra Surtos – DPS. Fator de Potência: Potência elétrica. Fator de potência: fundamentos, causas e consequências; correção do fator de potência (métodos e vantagens); tipos de correção do fator de potência (modelos, necessidades, esquemas elétricos de correção); capacitores de potência (características gerais; características construtivas; dimensionamento de bancos de capacitores; características elétricas; manobra e proteção de capacitores; inspeção, ensaios e manutenção de capacitores; segurança e instalação de capacitores; aterramento de capacitores; especificação técnica; normalização técnica); projeto da correção do fator de potência (instalações em fase de projeto e em operação); compensação reativa em redes com harmônicas (significado, origem, problemas causados, fator de potência com harmônicas). Qualidade de Energia – Harmônicas nas Instalações Elétricas: Aspectos gerais relacionados à qualidade de energia (perturbações na amplitude da tensão, perturbações na frequência do sinal, desequilíbrios de tensão ou corrente em sistemas trifásicos); as perturbações nas formas de ondas; caracterização dos sinais harmônicos (definição, ordem, frequência e sequência das harmônicas, espectro harmônico, taxa de distorção harmônica total/THD, fator de potência e cos fi, fator de desclassificação/k, fator de crista/fc); aspectos gerais sobre medições de harmônicas (instrumentos convencionais de valor médio; instrumentos de valor eficaz verdadeiro – true RMS); cargas geradoras de harmônicas (cargas lineares, cargas não lineares, exemplos de cargas geradoras de harmônicas); efeitos e consequências das harmônicas (aquecimentos excessivos, disparos de dispositivos de proteção, ressonância, vibrações e acoplamentos, aumento da queda de tensão e redução do fator de potência, tensão elevada entre neutro e terra); como lidar com a presença de harmônicas (dimensionamento dos condutores de fase e neutro na presença de harmônicas, dimensionamento de transformadores, filtros de harmônicas, transformadores de separação); normalização; níveis máximos de distorções harmônicas. Aterramento Elétrico e Equipotencialização: O que é um aterramento elétrico? Os objetivos do aterramento do sistema. Por que deve-se preferir os sistemas aterrados? Funções básicas dos sistemas de aterramento. Alguns conceitos importantes sobre aterramento. Ligações à terra. Eletrodos de aterramento. Aterramento e corrosão. O aterramento e os diversos sistemas de proteção. Equipotencialização. A filosofia de aterramento único das instalações elétricas. Critérios para dimensionamento da seção mínima do condutor de proteção. Normalização. Resistência e resistividade. Ensaios e medições. Inspeção e Certificação de Instalações Elétricas: Avaliação da Conformidade: A Certificação no Brasil. Pprocesso de Inspeção: Regras e sequência de procedimentos operacionais. Metodologia e dicas de formulários (check-list) a serem utilizados. Análise do relacionamento cliente/inspetor. Orientações sobre o desenvolvimento dos trabalhos práticos. Análise de Documentos: Orientações. Exemplos de documentos de projetos. VERIFICAÇÃO FINAL: Inspeção Visual (Objetivos, aspectos gerais, procedimentos e execução). Ensaios (objetivos e procedimentos). Apresentação em sala de aula de equipamento para ensaio de instalações elétricas de baixa tensão. Conclusões: Análise e discussão de todo o processo. Comparação com os sistemas de auditoria (NBR 9001, 14001 etc.). Emissão de Relatório Técnico, Laudo Técnico e Certificado de Conformidade.

Informações: https://webstore.grupohct.com.br/weng-1074